Zimbabwe / Botswana / Cataratas Victoria

 

Itinerário da Expedição

1º Dia – LISBOA / …

Início da viagem com ligação aérea a Madrid a partir de onde integra o pequeno grupo com o qual irá efetuar a sua expedição. Embarque em voo Ethiopian Airlines, com destino a Victoria Falls via cidade Africana. Refeições e noite a bordo…

2º Dia – … / VICTORIA FALLS (ZIMBABWE) / PARQUE NACIONAL DE HWANGE (Jantar)

… Chegada ao aeroporto de Victoria Falls e após as formalidades aduaneiras será recebido pelo guia,  por todo o staff e tripulação do camião que o transportará nos próximos dias ao longo desta magnífica expedição. O nosso primeiro destino será o Parque Nacional de Hwange, a norte das míticas Cataratas Victoria. Esta noite efetuaremos um safari noturno e, de regresso, ao redor da fogueira e escutando os sons da fauna Africana, será dado um briefing sobre aquilo que serão os próximos dias em viagem. Alojamento no Ivory Lodge / Hwange Safari Lodge.

3º Dia – PARQUE NACIONAL DE HWANGE (Pensão Completa)

De manhã bem cedo, explore o Parque Nacional de Hwange. Safari em 4×4 onde vai descobrir a fauna da região rica em leões, elefantes, girafas, antílopes e… talvez consiga avistar o leopardo (um dos animais mais difíceis de descobrir pela sua camuflagem na copa das árvores).

Alojamento no Ivory Lodge / Hwange Safari Lodge.

4º Dia – PARQUE NACIONAL DE MATOBO (Pensão Completa)

Pela manhã, continuação para o Parque Nacional de Matobo.

Alojamento no Amalinda Camp / Matobo Hills Lodge.

5º Dia – PARQUE NACIONAL DE MATOBO (Pensão Completa)

Dia dedicado a desfrutar do Parque Nacional de Matobo. Passeio a pé à procura dos rinocerontes. Este parque é também importante pelas suas pinturas rupestres. Visita a uma aldeia de etnia Ndebele descendente da etnia Zulu. Alojamento no Amalinda Camp / Matobo Hills Lodge.

6º Dia – SANTUARIO DE AVES DE NATA (Pensão Completa)

Depois do pequeno-almoço, saída em direção ao Botswana até ao Santuário de Aves Nata que para além de um paraíso ornitológico tem também um bom terreno para flamingos. Trata-se do primeiro projeto comunitário de conservação do Botswana e é gerido pelos locais de quatro comunidades: Nata, Maphosa, Sepako e Manxotae. Alojamento no Pelican Lodge ou similar.

7º Dia – MAKGADIKGADI PANS (Pensão Completa)

Dunas de areia, penínsulas, ilhas rochosas e áreas desérticas. Na superfície das salinas não se vê crescer vegetação, mas sim nas margens destas, onde se pode encontrar baobabs gigantes, que formam paisagens espetaculares ao entardecer. Ao cair da noite, o céu em Makgadikgadi é simplesmente magnífico. Vale a pena visitar este local só para experimentar a sua grandeza e esplendor. A Via Láctea parece um milhão de vezes mais brilhante do que em qualquer outro lugar. Hoje passaremos a noite sob a Cruz del Sur, Orion e Escorpião entre uma infinidade de outras estrelas. Noite mágica à luz das estrelas. Alojamento no Ratpanat Fly Camp com wc comuns e sem duches.

8º Dia – KALAHARI CENTRAL (Pensão Completa)

Após visitar uma colónia de suricatas, continuação para Kalahari Central.

A reserva constitui a base do deserto do Kalahari, a maior extensão contínua de areia do mundo. Esta vasta extensão plana coberta de dunas fósseis encontra-se intercalada com os vales dos rios antigos. A área é a casa de um espectro fascinante de diferentes plantas e animais que se adaptaram à vida num ambiente tão hostil. Está no magnífico Delta de Okavango.

O alojamento desta noite encontra-se situado no que consideramos um autêntico conto de fadas, em que baobabs gigantes de formas curiosas ajudarão a criar um ambiente sobrenatural.

Alojamento no Planet Baobab ou similar.

9º e 10º Dias – DELTA DE OKAVANGO (Pensão Completa)

Com os primeiros raios de sol, saída para Maun onde lanchas rápidas o irão levar até ao verdadeiro esplendor do ecossistema do maior delta do Mundo, o Delta de Okavango. O percurso (aproximadamente 3 horas) é um verdadeiro safari em lancha por entre canais até ao nosso acampamento privado em Chiefs Island (reserva de Moremi) com wc e duche privados em cada tenda. Dormirá no maior oásis de África em pleno contacto com a natureza e a fauna selvagem que faz desta região o seu habitat natural.

Passeios em mokoro (canoa típica da região) e safaris a pé preencherão estes dois dias nesta exuberante região.

11º Dia – MOREMI (Pensão Completa)

Despertados pelos sons da natureza espera-nos um transfer em mokoro até à pista de aterragem mais próxima de onde, em avioneta privada, efectuaremos um fantástico voo cénico sobre o Delta até ao nosso próximo destino, o “coração” da Reserva Moremi.

“A vista de pássaro” de África toma outra dimensão. Ter a possibilidade de observar desde o céu uma manada de búfalos, uma família de elefantes, o elegante padrão das zebras ou um grupo de hipopótamos a descansar ao sol além do desenho abstracto das imensas ilhas e canais que compõem o Delta será um dos momentos mais altos da sua expedição.

Já na região de Kwhai esperam-nos os nossos guias-motoristas que em veículos 4×4 nos levarão até ao nosso alojamento, o Ratpanat Mobile Tented Camp com wc e duches comuns.

12º Dia – SAVUTI (Pensão Completa)

Hoje o dia será preenchido com um safari que será todo o nosso trajecto até à Reserva Savuti situada no Chobe National Park. Alojamento no Ratpanat Mobile Tented Camp com wc e duche comuns.

13º Dia – CHOBE (Pensão Completa)

Dado que a área do Parque Nacional Chobe é de 10.566 Km2, hoje vamos continuar mais para Noroeste em direcção ao “coração” do Parque sendo que, mais uma vez, o nosso safari será todo o trajecto. Tempo ainda para, após a chegada ao nosso destino, explorar a região em veículos 4×4 e despedir-mo-nos com um safari em barco ao longo do rio Chobe. Um espectáculo inolvidável pelos imensos grupos de animais que, ao final da tarde, se concentram ao longo da margem para beber água. Alojamento no Chobe Mowana Safari Lodge ou similar, situado na margem do rio Chobe.

14º Dia – CATARATAS VICTORIA (Alojamento e Pequeno-Almoço)

Após o pequeno-almoço e deixando as estradas de terra, seguiremos por asfalto até à fronteira com o Zimbabwe. Formalidades aduaneiras e continuação da viagem (cerca de 1h30) até à cidade de Victoria Falls. Alojamento no Victoria Falls Hotel em regime de alojamento e pequeno-almoço.

Resto do dia livre nesta pequena mas simpática cidade podendo visitar as interessantes lojas de artesanato pensando já nos seus souvenirs de viagem.

15º Dia – CATARATAS VICTORIA (Alojamento e Pequeno-Almoço)

Dia livre para desfrutar da beleza deste magnífico local. As Cataratas, com 1,7Km de extensão e que no seu ponto mais alto a queda de água atinge os 108m, são um espectáculo natural extraordinário alimentado pelas águas do rio Zambeze e que formam uma fronteira natural entre a Zâmbia e o Zimbabwe.

Voo cénico de helicóptero ou ultraleve incluído sobre as Cataratas Victoria (duração de 15 minutos). Park fees no valor de Usd 12,00 por pessoa, não incluídos. Como o ultraleve se realiza do lado da Zambia, os custos do visto e park fees serão pagos localmente pelos clientes.

Possibilidade de efetuar diversas atividades opcionais.

16º Dia – CATARATAS VICTORIA / … / MADRID

Pequeno-almoço e manhã livre. Em hora a indicar localmente, e de acordo com a hora do voo programado, transfer para o aeroporto. Formalidades de embarque e saída com destino a Joanesburgo. Escala para mudança de avião e início da viagem de regresso à Europa. Refeições e noite a bordo…

17º Dia – …/LISBOA

… Chegada a Madrid e posterior ligação ao voo final com destino a Lisboa.

 

 

PREÇOS POR PESSOA

Preço base: 2.500,00€ Incluindo taxas de aeroporto (410€  sujeitas a alteração)

Pagamento local: 500€ + 1.200U$D (Notas U$D posteriores a 2004)

Suplemento saídas em Julho e Agosto: 295€

Suplemento saídas em Junho, Setembro e Outubro: 185€

Todas as partidas sujeitas a um mínimo de 09 e a um máximo de 18 participantes.

Saídas realizadas com número entre 10 a 14 passageiros, sujeitas a um suplemento de 130€ por pessoa.

Saídas realizadas com menos de 09 passageiros: 195€  por pessoa.

 

CONDIÇÕES ESPECIFICAS em caso de CANCELAMENTO DE VIAGEM:

Até 60 dias antes da viagem – 20% sobre o preço base

De 59 a 31 dias antes da viagem – 40% sobre o preço base

A 30 dias, ou menos, antes da partida – 100% sobre o preço total da viagem, excepto pagamento local.

No show – 100% sobre o preço total da viagem, incluindo pagamento local.

 

DATAS DE PARTIDA 2018

JUNHO – 29

JULHO – 13; 27

AGOSTO – 10; 31

SETEMBRO – 14; 28

OUTUBRO – 12; 28

 

INCLUÍDO:

– Camisola Ratpanat

– Taxas de aeroporto no valor de 410€  por pessoa (sujeito a alteração)

– Guia em Espanhol

– Voo TAP (Lisboa / Madrid / Lisboa) em classe T

– Voo British Airways (Madrid / Londres / Joanesburgo / Victoria Falls / Joanesburgo / Londres / Madrid)

– Voo cénico de helicóptero ou ultraleve sobre as Cataratas Victoria (duração de 15 minutos).

– Transporte em camião especialmente preparado para safari

– Condutor-mecânico, cozinheiro e assistentes de campo

– Pensão completa durante todo o itinerário, exceto em Victoria Falls que é em regime de pequeno-almoço

– Entradas nos Parques e Reservas Nacionais

– Safari noturno Reserva Privada Hwange 4×4

– Safari diurno PN Hwange 4×4

– Visita ao Santuário de aves de Nata

– Voo panorâmico de avioneta sobre o Delta do Okavango – Reserva de Moremi

– Seguro de viagem

– Nos acampamentos:

– Tendas duplas 2,50 x 2,50. Edredons de pluma, lençóis, almofadas, etc…

– Camas de alumínio para acampar

– Colchão + Edredão

– 1 lavatório individual por tenda para higiene pessoal.

 

NÃO INCLUÍDO:

– Taxas locais (impostos turísticos que um país pode pedir aos visitantes, para além do visto).

– Entrada nas Cataratas Victoria

– Obtenção de visto Zimbabwe (U$D 30,00 por pessoa – obtido à chegada)

– Obtenção de visto Zambia (entre os U$D 50,00 e U$D 80,00 por pessoa – obtido à chegada)

– Bebidas (Caso clientes queiram refrescos e bebidas alcoólicas o custo aproximado por pessoa durante todo o safari é de 20,00/30,00 €).

– Atividades opcionais

– Extras de carácter pessoal, tais como: chamadas telefónicas, serviço de bar, lavandaria, etc.

– Gratificações: A gratificação faz parte integrante da cultura africana. Os funcionários sempre esperam uma gratificação em reconhecimento do seu trabalho bem feito, mas não é obrigatório. A gorjeta prevista e que poderá considerar como habitual para esta viagem ronda, no total, os 45€  para guia e staff do camião e 25€ para lodges e acampamentos (valores por passageiro).

– Qualquer outro serviço não especificado no presente orçamento

– Seguro opcional de cancelamento

O QUE LEVAR:

– Roupa cómoda e ligeira de algodão / linho, camisolas de manga curta e comprida, calças largas, bermudas, polar, “corta vento”.

– Lanterna frontal (luz de mineiro)

– Cantil

– Binóculos

– Chapéu, óculos de sol, sapatos desportivos, cantil, creme de protecção solar elevado, repelente anti-mosquitos.

– Toalhitas húmidas e produtos de higiene pessoal

– Toalha (de preferência de fibra para secar rápido).

– Medicamentos de uso pessoal

– Pilhas/bateria, rolos/cartões de memória extra para a máquina fotográfica

– Adaptador universal

– Dinheiro em dólares e euros, cartão de crédito para imprevistos, embora só se possa utilizar em locais específicos

– Passaporte e boletim de vacinação internacional (febre amarela obrigatória)

NOTAS:

– As malas têm de ser maleáveis e o peso não pode ser superior a 15 Kg, caso contrário será cobrado excesso de bagagem.