ACROSS TANZÂNIA

1º Dia – Lisboa / … / Arusha
Formalidades de embarque e início da viagem com destino a Arusha.
Refeições e dia a bordo…
… Chegada ao aeroporto de Kilimanjaro, formalidades aduaneiras para obtenção do visto, e após recolha da bagagem, assistência por parte da nossa equipa local e transfer para o hotel. Alojamento em regime de pequeno-almoço.

2º Dia – Arusha / Lago Manyara
Manha livre. Após o almoço seguiremos para o Lago Manyara. Resto da tarde livre para conhecer o lodge e as suas deslumbrantes vistas ou, simplesmente, descansar.
Jantar e alojamento.

3º Dia – Lago Manyara / Serengeti
Pela manhã, e após o pequeno-almoço, safari fotográfico no Lago Manyara. A grande variedade de mamíferos, répteis e pássaros existentes neste parque e os diferentes tipos de vegetação, fazem do Lago Manyara um santuário para várias espécies animais, tais como, elefantes, búfalos, girafas, chitas, gnus, impalas, zebras, hipopótamos, rinocerontes e primatas, mas, o grande “cartaz” deste parque são os leões empoleirados nas copas das acácias. Regresso ao lodge para almoço após o qual iniciaremos a viagem de ligação ao Parque Nacional do Serengeti. Todo o trajeto será um verdadeiro safari fotográfico. Ao fim da tarde chegada ao lodge. Jantar e alojamento.

4º Dia – Serengeti
Para quem viveu em África, Serengeti é um nome mítico, ao qual se associam inúmeras caçadas. Situado num planalto entre Ngorongoro e a fronteira Quénia/Tanzânia, este parque engloba a maior parte do Ecossistema do Serengeti e é um dos locais onde pode observar as tradicionais rotas migratórias dos Gnus. Os rios existentes no parque proporcionam um excelente habitat para muitas espécies de aves, mamíferos e répteis.
Hoje serão efetuados 2 safaris fotográficos, um de manhã e outro de tarde. Estadia em regime de pensão completa.

5º Dia – Serengeti / Ngorongoro
Após o pequeno-almoço, chegou o momento de partir para Ngorongoro. O trajecto é um verdadeiro safari fotográfico. A área de conservação de Ngorongoro tem mais de 8000 Km2, podendo ser observadas florestas, lagos e dunas. Almoço durante o trajeto em bolsa picnic.
Chegada ao lodge para jantar e alojamento.

6º Dia – Ngorongoro
Ao acordar, pense que se encontra alojado junto à maior concentração permanente de vida selvagem em África. Este parque é a casa da famosa cratera vulcânica de Ngorongoro. Há cerca de 8 milhões de anos o cone do vulcão que aqui estava activo desmoronou-se e deu origem a uma caldeira que chega a atingir os 610 metros de altura. É aqui que habitam mais de 25 mil animais tais como Leão, Leopardo, Chita, Elefante, Búfalo, Antílope, Zebra, Flamingos e outras espécies de aves. O seu dia será passado na Cratera. A estadia no seu lodge será em regime de pensão completa sendo que o almoço (picnic) será em plena cratera, junto a um pequeno lago, a observar os hipopótamos.

7º Dia – Ngorongoro / Tarangire
Depois do pequeno-almoço, continuação para o Parque Nacional de Tarangire, onde vai chegar a tempo de almoçar. Safari fotográfico durante a tarde. Este parque é anfitrião de um grande número de espécies, tais como Orix, Kudu e Gerenuk. Tarangire tem ainda o maior número de espécies de aves que qualquer outro habitat no Mundo. Este parque tem 2.600 Km2 de área, possuindo uma beleza notável e uns safaris recompensadores, pois fica situado na rota migratória de várias espécies de vida selvagem. Estadia em regime de pensão completa.
8º Dia – Tarangire / Arusha / …
Após o pequeno-almoço no lodge saída para Arusha onde almoçará num restaurante da cidade.
Em hora a determinar localmente e de acordo com o seu programa de viagem, transfer para o aeroporto, formalidades de embarque e início da viagem de regresso. Refeições e noite a bordo…

9 Dia – … / Lisboa
… Chegada a Lisboa.

Saída de Lisboa às 5ªfeira, 6feiras e Sábados, no voo das 5h00.

HOTEIS

COM SERENA (RS4401A) – Sextas
Arusha: Lake Duluti Serena Hotel
Lago Manyara: Lake Manyara Serena Lodge
Serengeti: Serengeti Serena Lodge
Ngorongoro: Ngorongoro Serena Lodge
Tarangire: Tarangire Sopa Lodge

COM SOPA (RS4401B) – Quintas
Arusha: Arusha Coffee Lodge
Lago Manyara: Lake Manyara Serena Lodge
Serengeti: Serengeti Sopa Lodge
Ngorongoro: Ngorongoro Sopa Lodge
Tarangire: Tarangire Sopa Lodge

COM TANGANYIKA WILDERNESS LODGES (RS4401C) – Sábados
Arusha: East African All Suites Hotel
Lago Manyara: Manyara Wilderness Safari Camp
Serengeti: Kati Kati Camp
Ngorongoro: Ngorongoro Farm House / Tloma Lodge
Tarangire: Lake Burunge Tented Camp

GEOGRAFIA

A Tanzânia tem uma superfície de 945.087 Km2. É limitada a leste pelo Oceano Indico, a norte pelo Quénia e Uganda, pelo Burundi, Rwanda e pela República Democrática do Congo a oeste e pela Zâmbia, Malawi e Moçambique a sul. O território tanzaniano é dividido em regiões claramente definidas: uma estreita região costeira, coberta de luxuriante vegetação tropical, a zona de savana a norte, com altitudes que vão dos 200 aos 1000 metros e um alto planalto na zona sul, junto à Zâmbia e Lago Niassa (Lago Malawi).

DOCUMENTAÇÃO 
Passaporte em vigor com, pelo menos, 6 meses de validade. É necessário visto de entrada para e Tanzânia (obtido à chegada – custo USD 50,00 por pessoa).
SISTEMA MONETÁRIO
A unidade monetária é o Shilling da Tanzânia, dividido em 100 cêntimos. 1 € é igual a 85 Shillings, aproximadamente.
Cartões de crédito: American Express, Diners, Master Card e Visa.
SAÚDE / VACINAS
Risco de malária durante todo o ano nas regiões abaixo dos 1800 metros. Recomenda-se a vacinação contra a febre-amarela.Recomendamos tratamento profiláctico da Malária, bem como, o uso de repelente de mosquitos.
CLIMA 
Na Tanzânia, o clima é tropical e as regiões costeiras são quentes e húmidas.A Tanzânia apresenta dois períodos de chuva, o primeiro de Março a Maio de grande intensidade e o segundo em Novembro e Dezembro com chuvas menos intensas e por poucas horas por dia.
GRATIFICAÇÕES
Geralmente aplica-se 10% dependendo do nível de serviço proporcionado.Gratificações a bagageiros (USD$ 1,00 por mala), motoristas/guias (USD$ 5,00 a $ 10,00 por pessoa, por dia) e pessoal dos hoteis/lodges (USD$ 2,00 a $ 4,00 por pessoa, por dia).
SEGURANÇA NOS PARQUES
Os parques costumam dispor de uma série de caminhos traçadas que devem ser fielmente seguidos. Não se podem ignorar e desrespeitar. Assim o dizem as normas e a sensatez. Afastar-se deles prejudica o natural movimento e a vida dos animais que já se habituaram a que os seus observadores se encontrem nestes pontos. Também não é permitido sair dos veículos quando se está percorrendo as zonas protegidas. Logicamente, não se deve molestar os animais.As noites são outro dos momentos oportunos para cumprir as recomendações dos guias e das autoridades. Convém não sair dos recintos ou das zonas delimitadas, simplesmente por segurança.
HORA LOCAL
Durante o verão tem duas horas mais que Portugal e três horas mais no Inverno.
IDIOMA
O swahili é o idioma oficial e o mais falado. O inglês está largamente difundido. Outras línguas faladas são o Kikuyu e o Luo.
ELECTRICIDADE
220 / 240 V.
O QUE VESTIR
Quanto melhor equipado se viaje, mais se desfrutará da viagem. Não se deve viajar com demasiada bagagem, mas sim com a bagagem adequada. Um chapéu e uns óculos de sol são necessários para não ter problemas de insolações. Também uma camisa e calças compridas para o entardecer em lugares onde abundam os mosquitos, assim como um bom repelente de insectos. Os sapatos devem ser cómodos e fechados.O vestuário deve ser desportivo, especialmente nos lugares de veraneio e nos parques. No entanto nos restaurantes deve ser usada roupa mais formal. Não esquecer trazer a câmara fotográfica e um par de binóculos para observar os animais!
Empty tab. Edit page to add content here.