ACROSS RWANDA

11 Dias
Akagera-Nyungwe-Kibuye-Volcanoes Park

 

1º Dia – Lisboa / Kigali 

Formalidades de embarque e partida com destino a Kigali, via cidade europeia. Refeições a bordo.

Chegada a Kigali e formalidades aduaneiras para obtenção do visto. Assistência pelo nosso representante local e transfer para o Kigali Serena Hotel.

Alojamento em regime de pequeno-almoço.

2º Dia – Kigali / Akagera 

Após o pequeno-almoço saída para Akagera NP onde chegaremos a tempo de almoçar.

O Akagera National Park é uma das mais importantes reservas naturais do Rwanda e uma das zonas de savana mais interessantes do East Africa. O parque, bastante verde devido à humidade da região, é igualmente característico pelos seus lagos ligados por pântanos e canais de água sinuosos alimentadospelo rio Akagera e onde poderá observar uma elevada concentração de hipopótamos e crocodilos. Da fauna do parque destaque também para os elegantes e búfalos além das girafas e zebras. Leão e Leopardo poderão igualmente ser observados bem como o maior antílope de África, o Cale Eland. Após o almoço safari no parque e, pelo pôr do sol, regresso ao Ruzizi Tented Camp para jantar e alojamento.

3º Dia – Akagera National Park

Estadia em regime de pensão completa. Hoje realizará mais 2 safaris (pela manhã e à tarde) com passeio de barco no Lago Ihema para observação da variada fauna de aves deste lago.

4º Dia – Akagera / Nyungwe

Manhã bem cedo e depois do pequeno almoço, saída em direcção a Butare com uma breve paragem em Nyanza para visita ao palácio Mwami. Já em Butare paragem para almoço (incluído) e, após um breve tour panorâmico da cidade, continuação para o Nyungwe Forest National Park.

Este parque, provavelmente a mais antiga floresta tropical de África, é reconhecido pela riqueza da sua biodiversidade merecendo especial destaque, entre outras, as suas 75 espécies de mamíferos, 275 espécies de aves e mais de 100 variedades de orquídeas. Ao fim da tarde chegada ao Nyungwe Forest Lodge. Jantar e alojamento.

5º Dia – Nyungwe Forest National Park

Estadia em regime de pensão completa. Durante a manhã trecking para observação de uma das grandes atracções deste parque, os macacos e chimpanzés, onde se inclui o maior primata aborígene de África, o Ruwenzori Colobus. A tarde será para descansar ou, se preferir, efectuar uma das actividades opcionais que o seu lodge lhe propõe.

6º Dia – Nyungwe / Kibuye (Lago Kivu)

Pequeno almoço. Ainda no parque Nyungwe visita às cascatas Kamiranzovu e, após o almoço, continuação da viagem em direcção a Kibuye, pequena cidade na margem do lago Kivu. Chegada ao Comoran Lodge. Jantar e alojamento.

7º Dia – Kibuye / Gisenyi (Lago Kivu)

Pequeno almoço. Manhã livre para primeiro “contacto” com a beleza e, claro, a fauna do lago nomeadamente a nível de aves. Após o almoço (incluído) um trajecto de rara beleza até á pequena cidade de Gisenyi onde poderá relaxar numa das praias nas margens do lago.

Jantar e alojamento no Lake Kivu Serena Hotel.

8º Dia – Lake Kivu / Volcanoes National Park

Manhã livre para desfrutar do Lago. Actividades opcionais nomeadamente passeio de barco no lago.

Depois de almoço continuação para Ruhengeri, a sua base à porta do Volcanoes NP para a observação dos Gorilas. Jantar e alojamento no Sabyinyo Silver Back Lodge.

9º Dia – Volcanoes National Park / Kigali

De manhã bem cedo, inicio do tracking para um dos pontos mais altos da viagem, a observação dos Gorilas, um primata em via de extinção que habita nas densas e húmidas florestas desta região única no continente Africano. Vai ter um briefing dado pelos rangers do parque sobre o comportamento que deverá ter na floresta perante a presença dos Gorilas. Terá assim a oportunidade, exclusiva, de observar estes espécimes raros no seu habitat natural. O almoço será servido no seu lodge. De tarde transfer para Kigali. Alojamento no Kigali Serena Hotel.

10º Dia – Kigali / …

Pequeno-almoço no hotel. Em hora a determinar localmente, e de acordo com o seu voo, transfer para o aeroporto de Kigali. Formalidades de embarque e partida com destino a Lisboa, via cidade europeia. Refeições e noite a bordo…

11º Dia –  … / Lisboa

… Chegada ao aeroporto da Portela em Lisboa.

AVISO: O GOVERNO DO UGANDA DECIDIU AUMENTAR OS VISTOS DE ENTRADA PARA 100 USD COM EFEITOS IMEDIATOS.

Os gorilas da montanha, uma subespécie do leste africano, vivem em apenas dois lugares em todo o mundo: na região montanhosa de vulcões extintos de Virunga, nas fronteiras entre a República Democrática do Congo, Uganda e Ruanda, e no Parque Nacional Impenetrável de Bwindi, no sudoeste de Uganda.

Graças aos esforços de conservação, a população dos gorilas da montanha aumentou de 620 em 1989 para 880 actualmente.

Os gorilas são muito sociáveis e moram em grupos bem integrados. O censo indica que os 400 gorilas da montanha do Parque Nacional Impenetrável de Bwindi formam 36 grupos distintos.

Parque Nacional dos Vulcões:

O parque tem 130 quilometros quadrados e fica na fronteira com Uganda e República Democrática do Congo. Está numa cordilheira formada por seis vulcões adormecidos e dois ativos – Nyiragongo (3.462 metros) e Nyamuragira (3.063 metros) e é um dos parques mais antigos da África (inaugurado em 1925).

O guia que acompanhará o trekking apresentará uma pequena palestra informativa sobre os animais e o parque, dando detalhes importantes sobre o comportamento dos animais e algumas regras necessárias a utilizar.
Em Ruanda há 10 grupos de gorilas habituados a presença humana e que podem ser visitados
por turistas. Cada grupo pode ser visitado por no máximo 8 pessoas por dia e este encontro está limitado a 1 hora. A caminhada pode durar entre 1 e 8 horas e pode-se alcançar altitudes superiores a 2.500 metros.
O terreno é desnivelado e as vezes bastante lamacento. É importante saber que a caminhada requer esforço físico, mas a beleza do bosque e a paisagem deixam os visitantes entretidos. Pode chover a qualquer momento por isso é recomendável levar roupas impermeáveis e botas de trekking.