À DESCOBERTA DO TIBETE E DA CHINA
12 Dias
De Lhasa a Urumqi

Tibete

Chegada a Lhasa. Assistencia e transporte privado para o hotel de cinco estrelas, The St. Regis Lhasa Resort, para uma estadia de três noites. Localizado na parte oriental de Lhasa, The St. Regis Lhasa Resort fica no local mais cobiçado desta cidade única, a famosa zona de Barkhor. As paisagens deslumbrantes que rodeiam este exclusivo resort proporcionam um ambiente intemporal e convidativo à contemplação e exploração. A partir do The St. Regis Lhasa Resort pode observar-se o Palácio Potala, Património Mundial que foi outrora a residência principal do Dalai Lama. A uns escassos seis minutos de carro do resort, o Palácio foi transformado num museu. O Templo Jokhang, outra estrutura icónica, e Norbulingka, o antigo Palácio de Verão do Dalai Lama, também estão próximos. Um Jantar de Boas Vindas será servido à noite no hotel.

Dia 2 Lhasa (06 Outubro)

Lhasa está localizada numa pequena baía rodeada de montanhas; significa literalmente “lugar dos deuses”. A uma altitude de cerca de 11,975 ft (3,650 m), é uma das cidades mais altas do mundo; é também a antiga residência do Dalai Lama e o centro mais sagrado do Tibete, com mais de mil anos de história cultural e espiritual. Hoje visitamos Norbulingka, o Palácio de Verão do Dalai Lama; foi construído em 1740 como retiro para escapar ao calor do verão. Com o significado de “jardim das jóias” ou de “jardim precioso”, continua a ser um tranquilo refúgio do barulho da cidade e um maravilhoso local para explorar. Também haverá tempo livre para passear por Lhasa e absorver a atmosfera desta cidade pitoresca ou fazer um circuito opcional de 30 minutos para fora de Lhasa, para visitar uma aldeia local e observar a vida dos agricultores. O almoço será servido num restaurante local e o jantar será no hotel.

 

Dia 3 Lhasa (06 Outubro)

No nosso segundo em Lhasa, visitamos o Templo Jokhang do século XIII, o santuário mais sagrado do Tibete e o lar espiritual da maior parte dos Tibetanos. Em seguida, exploramos o vizinho mercado de Barkhor, o mais antigo na capital e um percurso usado muitas vezes pelos inúmeros peregrinos que fazem o seu caminho para o templo. Um almoço local é acompanhado por música popular tradicional. À tarde visitamos o Palácio Potala do século XVII, antiga sede do Governo Tibetano e a residência de Inverno do Dalai Lama, antes de fugir para a India em 1959. O Palácio tem milhares de quartos e domina o horizonte da cidade. Situado no cimo do monte de Marpo Ri, 130 metros acima do vale de Lhasa, o Palácio Potala tem mais de 170 metros de altura; é a maior e mais monumental estrutura do Tibete e uma das maravilhas arquitectónicas do mundo.

 

Dia 4 Lhasa – Golmud (06 Outubro)

Tibete/China

Em Lhasa embarcamos no comboio de grande altitude (com os lugares reservados), que nos levará numa extraordinária e inesquecível viagem de 14 horas à luz do dia, ao longo de 1142 km, na linha do “Tecto do Mundo” até Golmud, coroando os 16,640 ft (5,072 m) de altitude de Tangula Pass. Esta é a mais alta ferrovia do mundo, atingindo umas inacreditáveis 3 milhas (5 km) acima do nível do mar.

Devido à grande altitude, oxigénio suplementar é bombeado através do sistema de ventilação. Há máscaras individuais de oxigénio disponíveis se necessário. Em Goldmud, somos transferidos para um comboio privado chinês que está à nossa espera. Pode descansar confortavelmente na sua cabine privada à medida que continua a viagem até Xining.

 

Dia 5 Xining (06 Outubro)

China

Hoje exploramos esta região histórica e multi-étnica, que constitui o berço de 37 nacionalidades diferentes. Localizada na extremidade oriental da Província de Qinghai, a história de Xining pode ser contada recuando 2100 anos no tempo. Aqui iremos experienciar alguns dos costumes e tradições distintas desta região.

De manhã, partimos no nosso comboio e fazemos a primeira paragem no Mosteiro Budista Kumbum (Ta’er). Kumbum foi fundado em 1583, num vale estreito perto da aldeia de Lusar, na região cultural Tibetana de Amdo. À tarde, visitaremos o Mercado de Shuijingxiang. Na intersecção de duas ruas, cada uma com mais de 1100 metros de comprimento, existem mais de 3000 bancas fixas. O mercado tem de tudo, desde comida e bebida a artigos de uso diário. Pode não só encontrar raízes de lótus e caules de arroz selvagem, que são produtos oriundos do sul da China, como também marisco vindo da costa.

 

Dia 6 Jiayuguan (06 Outubro)

Hoje em Jiayugaun visitaremos a primeira secção no extremo oeste da Grande Muralha da China, o Passo de Jiayugaun. Juntamente com Shanhaiguan, é um dos maiores e mais intactos passos da Grande Muralha. Foi uma importante fortaleza militar e também uma zona de tráfego vital na Rota da Seda, a rota comercial mais antiga do mundo, que une a China, a Ásia Central e a Europa. Permanecendo neste deserto sem fim, com as montanhas como pano de fundo, este passo isolado irá transportá-lo para a solidão e desolação da vida fronteiriça dos tempos antigos.

Depois do almoço, dirigimo-nos para a Grande Muralha “Suspensa”, que foi construída no ano de 1539, durante a Dinastia Ming (1368-1644). A muralha foi edificada com o objectivo de suportar o já existente Forte de Jiayuguan, que tinha um papel crucial no mecanismo de defesa da área em redor de Jiayuguan. Há partes da muralha que são íngremes; aqueles que conseguirem ir até ao topo poderão desfrutar de uma fantástica vista do interminável deserto de Gobi, de alguns oásis e de montanhas cobertas de neve, que se podem observar a uma grande distância.

 

Dia 7 Dunhuang (06 Outubro)

Esta manhã iremos explorar, de camelo, a grande beleza natural das Dunas de Areia, onde iremos descobrir o Lago Crescente. Este lago está escondido entre as imponentes dunas e desde há milénios que tem sustentado a vida nesta região.

Na pequena cidade oásis de Dunhuang vamos visitar o fascinante Magao Thousand Buddha Cave Complex. Este local impressionante contém quase 500 grutas, esculpidas desde há 700 a 1700  anos atrás. No seu interior poderemos ver uma incrível colecção de belas esculturas e murais, retratando a evolução da arte religiosa Budista de há mais de 1000 anos atrás.

 

Dia 8 Turpan (06 Outubro)

Turpan é o local onde as Montanhas Flamejantes criam um magnífico panorama. Primeiro, iremos visitar a Cidade Antiga de Jiaohe, uma das mais bem conservadas cidades antigas da China. As ruínas dos edifícios são divididas em templos, residências de civis e escritórios do governo. As oficinas e casas residenciais nas ruas ainda são visíveis. Há tarde, vamos dar um fascinante passeio ao mundialmente famoso e antigo sistema de irrigação subterrânea em Karez. Este sistema tem alimentado com sucesso as vinhas e pomares ao longo dos séculos; é considerado um dos três grandiosos projectos da China, em conjunto com a Grande Muralha e o Grande Canal.

Depois, faremos uma visita à família Uygur, onde vamos desfrutar da tradicional dança étnica Uygur e de petiscos locais, experienciando a vida e cultura reais desta zona.

 

Dia 9 Kashgar (06 Outubro)

Hoje iremos visitar a Velha Cidade de Kashgar, com uma história de mais de 2000 anos. O povo Uygur viveu aqui durante várias gerações, tendo construído uma sociedade admirável. A velha cidade de Kashgar era o famoso centro do cruzamento das Rotas da Seda do Meio e do Sul.  Hoje em dia, esta velha cidade continua a ser um berço de cultura e é, sem dúvida, um regresso ao passado. Esta noite, a dormida será no Radisson Blue Hotel.

 

Dia 10 Kashgar (06 Outubro)

Hoje, a nossa visita começa no Bazar de Domingo de Kashgar. Este é um mercado extraordinário, devido não só ao exotismo dos produtos para venda, como também devido ao facto de ser o único sítio para fazer compras, numa área que tem o tamanho da Europa Ocidental.

A população de Kashgar é supostamente aumentada para 100.000 pessoas em todos os Domingos em que se realiza o mercado.

De volta ao nosso comboio privado, partiremos de Kashgar à tardinha e viajaremos através de cenários fascinantes, em direcção ao nosso destino final que é Urumqi.

 

Dia 11 Urumqi (06 Outubro)

Chegaremos ao nosso destino final pela hora do almoço, à tarde iremos visitar o célebre Museu Provincial de Urumqi, que é famoso por ter os artefactos e múmias dos Caucasianos que viveram na região entre 1500 e 4000 anos atrás; tem também uma bela colecção de artigos em seda e de outros objectos oriundos de várias épocas da história, bem como materiais escritos em diferentes línguas. O que a maior parte das pessoas vem ver são as múmias e os seus artefactos, que estão excepcionalmente bem conservados. Até há umas décadas atrás, esta cultura era pouco conhecida por historiadores e arqueólogos, permanecendo um mistério a sua história e origens. O Museu Autónomo Regional de Xinjiang abriga as múmias e seus artefactos, que constituem uma das mais importantes descobertas arqueológicas dos ultimos cem anos.

Esta noite, a dormida será no Hilton Urumqi Hotel. Desfrutaremos de um Jantar de Despedida num restaurante local na nossa última noite na China.

 

Dia 12 Urumqi (06 Outubro)

Pequeno-almoço no hotel antes da partida.

 

FIM DE UMA VIAGEM DE SONHO… e dos nossos serviços

 

CONDIÇÕES DE RESERVA E PAGAMENTO

Sinalização de 20% do montante no acto da reserva – não reembolsável

Pagamento final 65 Dias antes da partida

 

POLITICA DE CANCELAMENTO

Até 65 dias antes da partida – 20%

64 dias até á partida – 100%

 

Este pacote inclui seguro de cancelamento e interrupção de viagem até ao montante máximo de € 10.000,00, desde de que os motivos do cancelamento estejam abrangidos pela apólice de seguro, que anexamos.

 

NOTA IMPORTANTE:

É obrigatório passaporte com validade mínima de 6 meses e com pelo menos 3 páginas em branco e visto para a China e Tibete

Os valores mencionados poderão sofrer alguma modificação caso se verifiquem alterações cambiais significativas e/ou aumento de qualquer outro custo relacionado com a viagem e que repercuta proporcionalmente no preço final da mesma.

O presente projecto tem carácter de orçamento não tendo, por isso, efectuado qualquer reserva e/ou bloqueio. Assim, a sua concretização ficará obviamente sujeita á confirmação de todos os serviços após adjudicação dos mesmos.

Conforme nossa brochura Africa 2016